FANDOM


12anos

ESSE CONTEÚDO É PROIBIDO PARA MENORES DE 12 ANOS
CONTEÚDO: VIOLÊNCIA EM NÍVEL MÉDIO

Um Começo Sem Fim
ORN-18
Informação Geral
Série Ben 10.000:O Renascimento
Arco Risada da Morte
Detalhes
Originalmente Beginning Forever
Temporada
Número do Episódio 18
Episódio Anterior Finalizando um Começo
Episódio Seguinte Novamente os Portões da Tristeza
Créditos
Escrito por JokerLeo
Galeria de Imagens

Um Começo Sem Fim é o décimo oitavo episódio da primeira temporada de Ben 10.000:O Renascimento.

Enredo

Paradoxo e Gwendolyn retornam ao cenário da Guerra Plutoniana, onde vão direto ao lugar de onde veio o tiro. Gwendolyn usa seus poderes e acerta a cabeça do assassino que teria matado seu primo em seu tempo, este se revela Khyber. Gwendolyn derruba a arma de Khyber com seus poderes, e o vilão tira sua espada das costas e tenta atacar Gwendolyn. O Novo Eon aparece novamente para confrontar a equipe.

Devido a intervenção de Gwendolyn e o Professor Paradoxo naquele momento, Ben não teria sido morto. Nesse momento, uma sombra puxa Khyber para o chão prendendo-o. A sombra levanta voo mostrando-se Ben na forma do alienígena Sombra. O herói pergunta o que está acontecendo ali e Gwendolyn, antes mesmo de responder, implora para que Ben não conte nada a ninguém para evitar colapsos temporais.

Paradoxo interrompe dizendo que ainda não acabou. Ben volta a sua forma humana e Gwendolyn pergunta por que Paradoxo acha isso. “Você não deveria estar...Esquece!” – Diz Paradoxo sem responder complexamente o que acontecera. Nesse instante, Khyber quebra o gelo e em um único ataque perfura Ben com sua espada. Paradoxo diz que agora tudo faz sentido, desaparecendo novamente ao lado de Gwendolyn.

Enquanto caminha no vácuo ao lado do viajante do tempo, Gwendolyn pergunta o que deve ser feito. Paradoxo diz que pra começar, o Eon apareceu e desapareceu sem mesmo que Ben Tennyson soubesse que o seu eu do mal de outra dimensão tivesse passado por ali, é isso que deve ser feito, pois se Ben nota a intervenção deles naquele instante os planos vão por água abaixo e a bagunça criada por Eon só aumenta.

Gwendolyn pergunta o que Khyber tem a ver com tudo isso, e Professor Paradoxo responde que nada, Novo Eon deve tê-lo trazido ali com o único propósito de deturpar a linha temporal sem ter que sujar as mãos, prova de que a cada encarnação ele se torna pior. Gwendolyn pergunta o que Paradoxo pretendia dizer quando pensou ter algo errado, e Paradoxo fala que não lembra de nada. Gwendolyn diz que pode estar enganada, mas um viajante do tempo não se esquece de nada, e Paradoxo suspira.

Ele explica que depois que tudo acabar e a linha temporal for concertada, o estrago feito por Eon será revertido e ela deixará de existir, sobrando apenas a Gwendolyn que perdeu o Kevin em um mundo em que Ben Tennyson existe. Gwendolyn começa chorar, e Paradoxo diz que é uma escolha dela continuar ou não, mas ou seu mundo caótico existe, ou o mundo caótico dá espaço para outro mundo sobreviver.

Gwendolyn suspira e enxuga as lágrimas dizendo Paradoxo está certo, afinal de contas não se sente falta de algo se você não existe, quando não existir, não sentirá falta de uma vida que nunca teve. “Essa é a realidade que eu vejo todos os dias, pois me tornei mais que um simples viajante do tempo, me tornei o guardião do tempo. A todo momento vejo pessoas virem, irem e dar espaço para que outras venham, essa é a única realidade absoluta.” – Diz o Professor Paradoxo.

Mais uma vez, Gwendolyn e Professor Paradoxo voltam ao dia 17 de julho de 2017 no momento do assassinato de Ben. Antes de o tiro ser dado por Khyber, Gwendolyn lhe puxa a sua arma e lhe traz para perto de si. Ela olha para traz e não vê Paradoxo em lugar nenhum, mas assim mesmo continua a fazer aquilo que veio fazer.

Khyber diz que deve matar Ben Tennyson. Gwendolyn olha na cara de Khyber e lhe diz que servir a um perdedor do tempo é uma vergonha, e que Khyber já foi melhor do que aquilo. O caçador tira novamente sua espada para atacar Gwendolyn, atrasando assim o assassinato de Ben Tennyson, que houve um barulho do alto das geleiras e muda de forma para Sombra.

Gwendolyn diz que não podem ficar ali e teleporta-se junta a Khyber para algum outro lugar da Antártida ainda no mesmo tempo. Ben sobe as geleiras e ao ver que não há nada ali, muda de forma para Insectóide e voa para voltar a lutar contra os Plutonianos disparando gosma.

No vácuo, Paradoxo e Novo Eon se enfrentam. O vilão diz que Paradoxo não é digno de ser o guardião do tempo. Paradoxo sorri e pergunta se ele é. Novo Eon cria uma espada de energia que usa para tentar atacar Paradoxo, mas o mesmo se teleporta para trás do Novo Eon lhe batendo pelas costas fazendo-o derrubar a espada que acaba caindo em um tempo qualquer. Novo Eon diz que pode fazer mais, criando ainda mais espadas de energia e tentando novamente enfrentar com Paradoxo, que também cria sua espada de energia e inicia um duelo contra o Novo Eon.

No meio do nada em um deserto frio na Antártida, Gwendolyn usa rajadas de mana para confrontar Khyber. Ela lhe pergunta onde está o Nemetrix, e o caçador responde que aquilo não é da conta dela.

Nesse momento, Gwendolyn sente suas mãos formigarem e ao olhá-las vê que está se decompondo, tornando-se pó que é levado pelo vento frio que ali passa. Khyber se afasta sem entender o que está acontecendo e corre pela neve. Gwendolyn não resiste até que nada mais lhe sobra.

Paradoxo e o Novo Eon continuam se confrontando. O vilão novamente derruba sua espada e ela se desintegra. Ele diz que pode fazer aquilo o dia todo. Paradoxo diz que é claro que pode, mas nesse momento seu plano já fracassou e Ben Tennyson, a essa altura já deve estar salvo bem como toda a linha cronológica que ele deturpou. O Novo Eon grita que isso é uma mentira e ele não vai perder outra vez, partindo para o ataque contra Paradoxo que diz que Eon pode reencarnar milhões de vezes, mas nunca entenderá como o tempo funciona, é então que Paradoxo usa sua espada para cortar a mão de Eon e olhando fixamente para o vilão, o faz desaparecer.

Paradoxo vai ao presente da linha temporal e vê tudo em ordem, inclusive encontra Ben 10.000 no seu quartel general particular. O viajante do tempo pergunta se está tudo bem e Ben diz que nem tanto, o Albedo acabou de fugir por uma quebra no sistema que ainda nem estava totalmente pronto depois da invasão do Animal.

Paradoxo pergunta onde está Gwendolyn, e Ben lhe responde que está se recuperando da perda de Kevin se é isso que ele quer saber. Paradoxo sorri e diz que sim, era isso que queria saber e tira seu relógio do bolso dizendo que está na hora de ir e despedindo-se de Ben 10.000.

O herói estranha a visita inesperada de Paradoxo e atende a um chamado dos encanadores. Rook pergunta se Ben não vai vir ao QG dos encanadores e Ben diz que é claro que vai, já está indo e encerra a comunicação em seguida pulando da janela e se transformando no alienígena Aerofante e usando suas turbinas de vento para voar sobre a cidade.

2017

Ben e sua equipe continuam na luta contra os Plutonianos. Grinck aparece novamente e sorri para Ben, batendo no chão e quebrando o gelo por baixo, onde Ben acaba caindo na água, pois lutavam sobre um rio congelado. Por debaixo do gelo, o herói aparece como Aquático por trás de Grinck lhe mordendo o braço.

O vilão suspende Aquático e o joga no chão gelado. Um tiro de mana é sentido por Grinck em suas costas. Ao virar-se, vê Gwendolyn prestes a ataca-lo, mas por trás dela um plutoniano lhe puxa e Grinck, sorrindo manda ela não se meter.

Grinck é derrubado e arrastado pelos pés pelos bigodes de Bigotóide, mas o vilão segura o bigode do herói e o puxa para perto de si, dando lhe um soco que o joga para longe. No ar, Ben se transforma em Borrachudo (antigo O Pior) para não se machucar na queda, que acaba ocorrendo perto de Rook. O herói pede ao encanador que lhe arremece de volta contra Grinck, e Rook pergunta se Ben tem certeza, e o herói diz pra fazer o que ele pediu.

Rook arremessa Ben na forma do alien, que ainda no ar se transforma em Enormossauro quebrando o gelo e afundando junto a Grinck. A água se congela novamente e aí surge Friagem, que diz ter vencido Grinck, acreditando ter congelado o vilão, mas o gelo por baixo dele se racha dividindo o campo de batalha e por onde Grinck passa furioso dizendo que ainda não acabou.

Com o gelo partido e muitos caindo no gelo, Guanix tenta salvar seus parceiros de guerra congelando a água por baixo de seus pés, mas para alguns como Max e Kevin é tarde demais. Ben tenta voar para salvá-los, mas Grinck lhe segura pelo braço. Ainda na forma de Friagem, o herói atravessa o braço de Grinck e voa para salvar seus companheiros. Ao salvá-los, Max e Kevin se queixam do frio. Kai diz que Kevin e Max devem voltar para a nave, eles continuaram a luta. Max e Kevin se negam, dizendo que vão lutar assim mesmo.

Ben pede que se afastem e se transforma em Gigante dizendo que Grinck arrumou um grande problema ao se meter com a Terra.

Personagens

Alienígenas

Vilões

Curiosidades

  • É revelado que o assassino de Ben Tennyson era na verdade Khyber e tudo foi feito pelo Novo Eon para deturpar a linha do tempo.
  • Nesse episódio Paradoxo diz não ser mais um mero viajante do tempo e sim o seu guardião.
  • É o episódio com o maior trecho focado na Guerra Plutoniana de toda a série.
EPISÓDIOS
1ª TEMPORADA
arco: insanidade

O Renascimento, Parte 1O Renascimento, Parte 2Vermelho vs VermelhoElemento NegroLoucuras e ObsessõesMestres e MagistradosO Enigma AtacaTemporalO Grande ReencontroRia e o Mundo Rirá Com Você

arco: o retorno de animal

A Nova TecnologiaGatos RicosPassado MonstruosoA Lenda do DragãoAnimal 11O Cientista e o Palhaço

arco: risada da morte

Finalizando um ComeçoUm Começo Sem FimNovamente os Portões da TristezaA Risada da Morte

2ª TEMPORADA
arco: em família

EpitáfioAmigos em LegadoMagia do MedoA Mente Que Não Brilha MaisA Espada do AmanhãLugar de Onde VimGrande Demais Para Brincar de HeróiCriaturas Acima de Nós

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.