Universo Ben 10 Fanfiction
Advertisement

ANTERIORMENTE[]

  • Rainha Anodita: Finalmente as autoridades chegaram. Precisam nos ajudar a localizar esse monstro que está nos atacando.
  • Albedo: Alguém está absorvendo toda a mana do planeta e das Anoditas? Isso é um grande problema.
  • Moly: Mãe, mais anoditas desapareceram!
  • Rainha Anodita: Essa é a Moly. Preciso que a mantenham em segurança. Ela é uma Anodita muito poderosa. Se o ser que está nos atacando captura-la e conseguir seu poder, aí que não teremos chance mesmo.
  • Moly: Eu quero ir com vocês!
  • Rainha Anodita: É arriscado demais. Fique aqui.
  • Plasmon: Ohhh. Com toda essa energia, posso finalmente recuperar meu poder.
  • Rainha Anodita: Parado aí!
  • A Rainha Anodita cai na armadilha de Plasmon e tem seus poderes absorvidos, o que resulta em sua morte.
  • Moly: Como puderam deixar minha mãe morrer!
  • Albedo: Vamos vingar sua mãe e impedir esse cara. Eu prometo.
  • Enquanto os heróis se preparavam para a luta, Plasmon já estava longe do planeta, e perto do seu destino.
  • Plasmon: Com esse poder, mais a Omnia, eu sou simplesmente, invencível. 
  • Darvin: O que pretende agora, senhor?
  • Plasmon: Vamos até Galvan, acabar com Azmuth.

E AGORA...[]

Plasmon chega até Galvan Mark IV. O exército galvaniano temendo a invasão, atira diversos feixes de suas armas na direção do inimigo. Porém, os ataques são refletidos com mais força, o que resulta em uma grande explosão.

  • Plasmon: Galvanianos. Tão inteligentes, mas tão fracos e tolos. Pelo visto, isso vai ser rápido.
  • Albedo: Pare agora.
  • Morgan: Você já tá passando dos limites...
  • Plasmon: Vocês outra vez. Será que não desistem? Pelo visto, querem morrer junto com Azmuth, e todos os Galvanianos desse planeta imundo.
  • Morgan: O que?
  • Albedo: Então, você quer vingança contra o Azmuth. Tinha que ser...
  • Plasmon: Todos no universo, podem demonstrar grande respeito sobre ele, por sua inteligência e seus feitos. Mas eles não sabem, o quanto ele é frio e sádico. 
  • Morgan: Conte-nos tudo, quem sabe póssamos ajudar?
  • Plasmon: Eu não preciso de ajuda! Todos vocês vão morrer aqui!
  • Plasmon cria sete esferas de mana gigantes para atingir seus oponente. 
  • Albedo: Fujam!
  • Os heróis tentam desviar das esferas, mas elas seguem para todo lugar que vão. Albedo então se transforma em XLR8, e usa sua cauda para revidar as esferas na direção do inimigo.

    O Plasmon então controla as esferas, e as coloca no solo.


  • Morgan: O que ele pretende fazer.
  • XLR8: Droga, fiquem atentos. Ele colocou as esferas no chão.
  • Albedo e Morgan ficam apenas olhando no chão.


  • Moly: É uma distração!
  • De repente, vários soldados feitos de mana agarram Albedo e Morgan.


  • Moly: Não!
  • Moly tenta proteger Albedo e Morgan, só que é atingida pelas esferas que estavam no solo. Ela fica bastante ferida.


  • Moly: Ahh... Não consigo, me mover...
  • Albedo: Moly, não! Argh... Esses caras... São bem grudentos...
  • Plasmon: É o fim, rapazes.
  • Os soldados de mana que estavam contendo Albedo e Morgan, de repente explodem. 30 mil soldados galvanianos armados até os dentes aparecem cercando o inimigo. Plasmon então, sobrevoa Galvan Mark IV e então cria um grande globo de energia escura sobre ele que começa a crescer à cada segundo. 


  • Plasmon: Vocês agora... Vão sentir... Tudo o que nós sentimos...
  • O globo então começa a destruir toda a Galvan. Todos os soldados são derrotados.


  • Plasmon: Hahahaha!
  • Plasmon, então descansa, depois de usar quase todo seu poder anodita em seu último ataque. Enquanto todos os Galvanianos haviam sido derrotados, e aparentemente mortos. Moly aparece junto com Albedo e Morgan. Os heróis haviam sobrevivido, graças à um escudo feito por Moly.


  • Moly: Acordem, por favor.
  • Albedo: Ah. O que... O que aconteceu aqui em Galvan? Fa... Falhamos?
  • Moly: Ele nos derrotou facilmente, e destruiu Galvan inteira, só com um golpe. Ele é mesmo muito poderoso. Está invencível.
  • Albedo: Mas ainda vamos derrota-lo. Morgan, acorda. Acorda, vai. Morgan...
  • Moly: Ele ainda está ferido por causa daquelas coisas explosivas.
  • Albedo: Droga, Morgan. Ah... Vamos só nós dois enfrenta-lo.
  • Moly: Mas...
  • Albedo: Ele deve ter gastado muita mana, se causou tudo isso. Deve estar mais fraco. Vamos aproveitar e ataca-lo com tudo que tivermos.
  • Moly: Tá legal.
  • Enquanto isso, Plasmon chegava à sala de Azmuth, procurando seu corpo. Myaxx aparece o chutando.


  • Myaxx: Seu maldito. Como ousa nos atacar.
  • Plasmon: Chimera, que surpresa.
  • Plasmon usa seus poderes telecinéticos para mover Myaxx, e incapacitar seus movimentos.


  • Myaxx: Você... Vai pagar...
  • Plasmon: É claro, é claro. Pode me dizer logo onde está, Azmuth, para que eu, quem sabe, poupe sua vida ridícula.
  • Myaxx: Ele já está morto, seu idiota. Já foi levado à tempos.
  • Plasmon: O que você disse...
  • Myaxx: Um cara, apareceu aqui... Querendo vingança contra Azmuth... Assim como você... Azmuth foi ferido e capturado por ele. Você... Você acabou com a vida de tantos inocentes... Em vão... Ah...
  • Myaxx então desmaia.


  • Plasmon: Não pode ser... Não pode... Eu esperei tanto pra isso... A oportunidade de me vingar... De vingar à todos...
  • Um raio atinge Plasmon pelas costas. Era Albedo como Shocksquatch, e Moly.


  • Plasmon: Vocês de novo. Deviam estar mortos!
  • Moly: Nós... Não vamos perdoar você... Depois de tudo o que você fez!
  • Moly começa a mudar sua forma e ficar gigante. Tentáculos apareciam por todo seu corpo.


  • Plasmon: Então, esse era seu poder oculto que todos falavam...
  • Shocksquatch: Ahn. Moly...
  • Moly fora de controle, atirava diversas esferas de mana na direção de Plasmon. 


  • Plasmon: Acha que isso vai funcionar contra mim?!
  • Plasmon consegue repelir os ataques. Ele então decide atacar criando uma esfera negra gigante. Moly tenta destruir o ataque com vários feixes de mana, mas seus esforços foram em vão.


  • Shocksquatch: Moly!
  • As esfera negra se espalhava por todo seu corpo. Com isso, ela voltava ao normal, e gritava de dor.


  • Moly: AHHHHHHH.
  • Shocksquatch: Não...
  • Shocksquatch atira uma rajada elétrica no Plasmon, que consegue se proteger repelindo os ataques.


  • Plasmon: Desistam, é inútil.
  • Plasmon é surpreendido quando uma rajada elétrica sai do solo e o atinge.


  • Shocksquatch: Aprendi isso com você.
  • Plasmon: AHHHHHHHHHHHHHHHH.
  • Plasmon repele os raios de Shocksquatch criando uma explosão. Ambos no local ficaram feridos.


  • Plasmon: Você conseguiu me machucar dessa vez... Mas agora, é o fim. Eu vou gastar muita mana e poder com esse ataque, mas pelo menos, todos vocês estarão mortos na minha frente!
  • Plasmon então usa grande parte do seu poder para criar um raio anodita celestial. Um dos ataques mais poderosos que um Anodita poderia ter.


  • Plasmon: Adeus.
  • Shocksquatch fechava os olhos, sem poder fazer nada para se defender. Quando ia ser atingido, Moly aparecia, também usando o raio celestial. Porém, como estava fraca e exausta, o raio não se comparava ao de seu oponente.


  • Plasmon: Sua tola...
  • O raio de Plasmon começa a se aproximar cada vez mais de Moly. E então, tudo fica branco, e Moly acorda num lugar rosa.


  • Moly: Onde é que eu tô? Que lugar é esse?
  • Rainha Anodita: Sua mente, querida.
  • Moly: Mãe!
  • Quando Moly ia abraçar sua mãe, ela a atravessa.


  • Rainha Anodita: Não pode me tocar, sou apenas uma lembrancinha que deixei em sua consciência para nos encontrarmos um dia quando as coisas ficarem feias, e pelo que estou vendo, você está mesmo em apuros.
  • Moly: Não posso vencer esse cara, ele é muito forte. Ainda mais com seu poder, e de todas as Anoditas. E ele agora vai matar eu e meus amigos...
  • Rainha Anodita: Oh, querida. Não se preocupem. Com amigos ao seu lado, você tem poder. Poder para não desistir. E com esse poder, eu tenho certeza de que você nunca irá perder, ou desistir. Eu tenho fé em você. Sei que vai conseguir.
  • A rainha anodita então compartilha um pouco de seu poder com Moly. E agora, voltando para a batalha, Moly vê que é salva por Shocksquatch, quando o raio celestial ia atingi-la.


  • Moly: Albedo...
  • Shocksquatch: Eu prometi à sua mãe... Que ia lhe proteger desse cara...
  • Morgan aparece então fraco, mas com sua arma recarregada, e então ajuda os heróis.


  • Albedo/Moly: Morgan!
  • Plasmon: Droga!
  • O raio do inimigo começa a ficar fraco.


  • Shocksquatch: AAHHHHH!
  • Moly: Essa é pela minha mãe. Meus amigos, e todos que você feriu!
  • O raio dos heróis atingem Plasmon, que se desintegra.


  • Moly: Nós... Nós conseguimos.
  • Albedo: Parece que sim.
  • Morgan: Mas, Galvan ainda... Tá completamente destruída.
  • Moly: As Anoditas, os Galvanianos. Todos já eram.
  • Albedo: Pelo menos conseguimos vencer ele, e evitar que mais inocentes se machucassem.
  • Os encanadores chegam ao local.


  • ???: Oh, mas que tragédia.
  • Albedo: O que...
  • ???: Vamos conversar um pouco, crianças?
  • Enquanto Albedo, Moly e Morgan conversavam com alguém misterioso...

    Bellix estava em um tipo de laboratório. Ele estava totalmente parado, até que uma lágrima sai de seu rosto. Ele então desaparesce nas sombras.

    CONTINUA

    Advertisement