FANDOM


12anos

ESSE CONTEÚDO É PROIBIDO PARA MENORES DE 12 ANOS
CONTEÚDO: VIOLÊNCIA EM NÍVEL MÉDIO

Epitáfio
ORN-21
Informação Geral
Série Ben 10.000:O Renascimento
Arco Em Família
Detalhes
Originalmente Epitaph
Temporada
Número do Episódio 21
Episódio Anterior A Risada da Morte
Episódio Seguinte Amigos em Legado
Créditos
Escrito por JokerLeo
Galeria de Imagens

Epitáfio é o primeiro episódio da segunda temporada de Ben 10.000:O Renascimento.

Enredo

2038

“O que está esperando, Ben? Anda logo!”, diz Kai Green a Ben 10.000 enquanto se escondem de um ataque. Ben diz que o Omnitrix não funciona e bate nele na tentativa de que o dispositivo o transforme em algum dos seus alienígenas. O Omnitrix não dá retorno, então Kai usa sua espada e derrota os robôs que o atacam. Após derrubá-los, Kai fala em voz alta “finalizar treinamento” e todo aquele cenário de zona de guerra desaparece, bem como os robôs.

Ben diz que não tem culpa se a droga do Omnitrix não funciona, e Kai pergunta se não era melhor chamar de vez o Azmuth, já fazem dias que isso vem acontecendo. Ben diz que o Azmuth sempre disse para ele resolver os problemas sozinho, fora que não surpreende o Omnitrix dar defeito. Kai pergunta se Blukic e Driba não podiam ver e Ben olha diretamente para ela, que acaba dizendo que é melhor não.

Surge então Ken Tennyson, filho do casal correndo dizendo que o seu bisavô o levou para conhecer o monte Rushmore. Max aparece dizendo que o Ken adorou o passeio. Kai diz que tá na hora de Ken ir comer alguma coisa. Ben agradece ao seu avô, e Max diz que não foi nada abraçando-o.

Uma forte luz surge no Omnitrix e um clarão impede que seja visto o que está acontecendo. Quando o clarão acaba, Ben nota que não está mais com o Omnitrix, mas sim com um novo dispositivo, ou melhor, dois Omnitrix’s. Kai pergunta o que aconteceu, e a voz de Azmuth aparece no dispositivo, dizendo “Recalibração completa, Biomnitrix ativado”. Ben abre um sorriso e comemora por seu novo dispositivo, e Max, com seu olhar já cansado, abre um sorriso.

2039

No hospital central de Bellwood, Ben está com Max em um dos quartos, que está em estado grave. Ben diz que é triste vê-lo assim, mas não importa o que os médicos digam, vai dar tudo certo e eles vão superar isso. “O tempo passa e as pessoas vão. O mundo precisa de heróis, seja o herói do mundo” – diz Max enquanto segura a mão de seu neto. Ben continua segurando fortemente sua mão enquanto os olhos de Max vão se fechando.

Lá fora, Kai, Rook e os encanadores dizem que ninguém pode entrar e a imprensa que cerca as entradas do lugar. Jimmy Jones dá cobertura para a TV, dizendo que não está sendo possível dizer precisamente qual o estado de Max Tennyson, avô de Ben Tennyson e ex-líder da tropa terrestre de encanadores que vinha lidando com graves problemas cardíacos nos últimos dias. É então que Ben aparece. Jimmy lhe pergunta como está o estado de Max Tennyson e Ben tristemente anuncia a imprensa que Max Tennyson se foi.

No dia seguinte, Ben, Kai, Ken, Gwendolyn, Kevin e Devlin (filho de Kevin) vão a cerimônia de tributo a Max. A praça está lotada de encanadores liderados por Rook Blonko. Argit, como presidente do planeta Terra, convida para subir ao palco Ben Tennyson, neto do falecido.

“Lembro-me como se fosse hoje a primeira vez que dei meus passos. Ele estava lá. Lembro-me quando aprendi a andar de bicicleta, ele estava lá. A primeira palavra que falei na minha vida foi ‘vovô’. Foi em uma viagem ao seu lado que tive a honra de receber o Omnitrix, foi ao lado dele que aprendi todos os valores pelos quais hoje prezo. Infelizmente nada irá durar para sempre, nem mesmo as pessoas que mais amamos. Peço a todos que abracem suas famílias, que valorizem cada segundo que puderem. Max Tennyson foi mais que um encanador, mais que o meu avô, ele foi meu herói”, fala Ben Tennyson em seu discurso que é aplaudido por todos.

Logo em seguida começa a tocar o hino americano e o caixão começa a ser levado. No caminho, um homem cumprimenta Ben, dizendo ser um velho amigo do seu avô, Louis Daniels, seu nome. Ben o cumprimenta e segue seu caminho.

Após o enterro, na volta pra casa, Ben, Ken e Kai se deparam novamente com Louis. Ele diz que deve ser um momento difícil, ele sabe, mas há algo que ele veio pegar. Ben pergunta do eu ele está falando, e Louis responde que quer a Lata Velha. Kai diz que a Lata Velha não está a venda.

Louis diz que não quer comprar, a Lata Velha já lhe pertence e mostra um papel assinado por Max que comprova que a Lata Velha, após a morte de Max passaria a ser propriedade de Louis Daniels. Louis explica que seu pai era amigo próximo de Max, ele equipou a Lata Velha, é muita tecnologia para ficar sem dono, então Max decidiu a devolver.

Ben associa seu nome ao do falecido Cooper Daniels, e o homem diz que Cooper Daniels era seu filho. Ben aprova que o homem leve a Lata Velha. Ken questiona dizendo que era o carro do seu bisavô, mas Ben diz que não podem fazer nada, por mais estranho que pareça Max ter vendido a Lata Velha e não ter os contado.

Enquanto a Lata Velha era dirigida por Louis Daniels, as luzes piscam. Louis ouve um barulho vindo de lá de trás e vai ver. Todas as luzes se apagam. Louis tenta ligar e não consegue. É então que um Nosedeeniano aparece rindo. Louis tenta atirar no mesmo, mas ele sempre desaparece e continua sorrindo. Por trás de Louis, um conductóide lhe segura e usando uma corrente elétrica, faz com que Louis desmaie. O Conductoide joga Louis na estrada e a Lata Velha é levada.

No dia seguinte, alguém aparece no QG de Ben. Kai vai atender e encontra Devlin, que pergunta se o Ken está. Kai responde que sim e chama seu filho. Devlin pergunta se Ken está afim de passar na loja de games e Ken responde que sim e os dois saem. Logo em seguida, quando o portão é fechado, alguém chama novamente. Kai vai lá abrir e encontra Louis desesperado. Ela chama Ben, dizendo que tem visita. Louis conta a Ben tudo o que aconteceu, e Ben diz que não faz ideia de quem possa ter sido responsável pelo assalto, mas não podem deixar a Lata Velha em mãos desconhecidas. Kai pergunta o que farão e Ben diz que precisa de alguém em casa para quando Ken voltar, ele vai só.

No QG dos encanadores, Ben, Louis e Rook tentam achar qualquer informação sobre um Conductoide ou Nosedeenianos na Terra. Rook diz que Conductóides são uma espécie de muito longe da Terra, não devem haver muitos, e Nosedeenianos são banidos da Terra por sempre terem causado problemas.

Enquanto os arquivos vão passando, Louis reconhece o Conductóide. Ben pergunta como ele foi pego, e Rook diz que é um contrabandistazinho. Estava vendendo tecnologia a um sócio no mercado negro. Ben pergunta quem era esse comprador, e Rook responde que era o Psyckcom. Ben pergunta onde o Psyckcom está, e Rook responde que nunca foi encontrado, mas o Conductóide, chamado Alter conseguiu sair em condicional, ele mora em um barraco no bairro suburbano.

O Conductoide anda pelas ruas de noite, quando de repente é abordado por Ben na forma de Fantasmante. O vilão tenta fugir, mas Fantasmante voa atrás do mesmo dizendo para voltar. O herói faz com que vários cristais surjam em sua frente, o deixando sem saída até que consegue segurá-lo. O Conductóide diz que é inocente. Fantasmate diz que é claro que é e pergunta quem o contratou.

O Conductóide diz que nõ faz ideia do que Ben está falando. Fantasmante cria em sua mão uma fore lâmina e a encosta no pescoço do Conductoide. O inimigo logo fala que foi o seu chefe Psyckcom quem o contratou para fazer o serviço de roubar o veículo. Ben pergunta onde Psyckcom está.

Em um ferro velho, Psyckcom e Lexter (o nosedeeniano) reviram a Lata Velha. Psyckcom pega um dispositivo, dizendo que finalmente achou o que queria e o coloca na caixa do dispositivo que usa para controlar seus poderes nas suas costas. Ben chega no lugar e diz que acabou para Psyckcom.

Kai vai ao QG dos encanadores. Ao chegar, Rook pergunta como vai Ken, e ela responde que vai bem, está na casa de Kevin e Gwendolyn nesse momento. Ela se depara com Louis e pergunta se foi descoberto algo. Rook responde que foi descoberto quem era um dos assaltantes que levou a Lata Velha, um ex ajudante de Psyckcom. Rook comenta que é estranho Max ter vendido a Lata Velha assim de maneira tão secreta. Kai então para pra pensar e diz que ele não vendeu. Louis diz que vendeu sim, mostrando o documento com a assinatura de Max, e Kai diz que não foi em consciência.

No meio da luta, Ben está transformado em Gosmossauro lutando contra Psyckcom quando recebe uma comunicação de Kai, dizendo que foi tudo armação, o Psyckcom não roubou o carro, ele armou para ele ser vendido e depois o tomou.

Psyckcom dá uma alta risada, dizendo que a namorada de Ben (que o mesmo corrige dizendo que é esposa) é mais inteligente do que ele e confessa ter armado sim. Manipulou um velho amigo de Max para que ele se interessasse em comprar o veículo e depois fez Max assinar os documentos inconsciente. Ben pergunta por que, e Psyckcom responde que infelizmente têm constantes recaídas e precisa sempre voltar a usar o dispositivo de controle para seus poderes, a Lata Velha possui um arsenal enorme de tecnologia, incluindo baterias capazes de recarregar seu dispositivo, essas baterias nunca são raras no braço de Órion.

Ben então é atacado por trás pelo Nosedeeniano, que tenta eletrocutá-lo, mas Gosmossauro o segura e o aperta, dizendo que ele não é muito condutor e o jogando enfraquecido no chão. Psyckcom voa ao redor de Ben e diz que não consegue controla-lo. Gosmossauro segura um de seus tentáculos e o bate no chão, dizendo que o Biomnitrix é capaz de impedir correntes telepáticas exteriores, sendo assim, ninguém entra na sua mente.

Lexter se levanta e prepara uma forte rajada para atacar Gosmossauro, mas por ser de gosma a rajada atravessa seu corpo indo parar em Psyckcom, que acaba derrotado. Novamente Gosmossauro segura o nosedeeniano dentro de sua mão e o esmaga, fazendo-o novamente cair.

No dia seguinte, com Psyckcom, Lexter e Alter já presos, Louis negocia a Lata Velha com Ben. Louis diz que não acredita que comprou um carro assim só porque outro cara queria. Ben diz que Psyckcom e os capangas já estão presos, e ele está prestes a comprar a Lata Velha de volta. “De volta?! Taí ó!”, diz Louis rasgando o documento e dizendo que esse carro nem devia ser dele e ainda por cima só traz problemas.

Kai e Ken aparecem. Ben diz que o Sr. Louis é bem cabeça quente para ser pai do Cooper. Ken pergunta o que farão com o carro do seu bisavô agora. Ben responde que vai ser doado para o museu encanador, a Lata Velha não é mais a mesma.

No cemitério, a frase “O tempo passa e as pessoas vão. O mundo precisa de heróis, seja o herói do mundo”, é mostrada como o epitáfio da lápide de Max Tennyson.

Personagens

Alienígenas

Vilões

Curiosidades

  • Diferente do que era especulado, a morte de Max não se deve a nenhuma guerra ou confronto, mas sim a problemas cardíacos.
  • Pela primeira vez o nome de Cooper é citado desde Omnimatrix, quando o personagem morreu.
  • É a primeira vez que um conductóide é visto na franquia sem ser o Feedback.
EPISÓDIOS
1ª TEMPORADA
arco: insanidade

O Renascimento, Parte 1O Renascimento, Parte 2Vermelho vs VermelhoElemento NegroLoucuras e ObsessõesMestres e MagistradosO Enigma AtacaTemporalO Grande ReencontroRia e o Mundo Rirá Com Você

arco: o retorno de animal

A Nova TecnologiaGatos RicosPassado MonstruosoA Lenda do DragãoAnimal 11O Cientista e o Palhaço

arco: risada da morte

Finalizando um ComeçoUm Começo Sem FimNovamente os Portões da TristezaA Risada da Morte

2ª TEMPORADA
arco: em família

EpitáfioAmigos em LegadoMagia do MedoA Mente Que Não Brilha MaisA Espada do AmanhãLugar de Onde VimGrande Demais Para Brincar de HeróiCriaturas Acima de Nós

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.