FANDOM


Encontro Interrompido é o primeiro episódio do 2º arco (Problemas do Mundo Real) da série Ben 10 Aventuras Extra(terrestres).

Encontro Interrompido
MacacoAranhaAET
Informação Geral
Estréia 06/03/16
Série Ben 10 Aventuras Extra(terrestres)
Arco 2º: Problemas do Mundo Real
Detalhes
Número do Episódio 01
Número Geral 11
Episódio Anterior Batalha de Omnitrixes, Parte 2
Episódio Seguinte Coloque o Lixo Lá Fora
Créditos
Escrito por Viniction
Dirigido por Viniction
Galeria de Imagens


Sinopse

No passado, quando Ben tinha 15 anos, ele saiu para o encontro com Emily, melhor amiga de Gwen. Mas o encontro é interrompido por um ataque de DNAliens.

Enredo

Beco, Bellwood, Terra. 22:43h


Swampfire - Colors por Arukun14

GRANDES ARTISTAS MERECEM DIVULGAÇÃO Swampfire - Colors por Arukun14 http://arukun14.deviantart.com

Um DNAlien entra correndo no local com dois moradores de rua dormindo no chão, abre uma das tampas duma grande lixeira verde e larga no final do beco e adentra a lixeira. Fogo Fátuo, Gwen e Kevin chegam correndo no local logo depois e param para observar se o DNAlien estava lá.


Kevin: Cadê ele?


Fogo Fátuo percebe uma movimentação dentro da grande lixeira.


Fogo Fátuo: Ali!

Gwen: Espere Ben!...


Fogo Fátuo, sem dar atenção a Gwen, atira uma bola de fogo na lixeira, provocando a saída do DNAlien e de vários xenócitos de dentro dela. O trio fica assustado com o ocorrido. Um dos mendigos acorda um pouco assustado e acaba sendo atacado por um xenócito, que o transforma em um DNAlien ao absorvê-lo.


Fogo Fátuo: Ah não...

Gwen: Eu avisei!


Gwen atira discos de mana nos xenócitos que estão escalando as paredes de tijolos e cimento expostos, derrubando-os. Kevin põe sua mão direita sobre uma parede, a absorve e parte pra cima do DNAlien recém-transformado. Fogo Fátuo pula na frente do pobre dormindo no chão frio coberto apenas por um pano fino e começa a protegê-lo dos xenócitos usando rajadas de fogo saídas das palmas de suas mãos. Gwen puxa com seu mana o outro DNAlien, que antes perseguiam, para fora do beco e o joga no meio da rua. O recém-transformado leva um soco de Kevin e o empurra, derrubando-o. Ao queimar todos os xenócitos, Fogo Fátuo corre e soca o recém-transformado, jogando-o contra uma parede e desmaiando-o.


Fogo Fátuo: Cê não consegue fazer armas de pedras ou algo assim?

Kevin: Não... Sei... Nunca tentei.


O DNAlien levanta do asfalto e corre na direção de Gwen, que rapidamente o derruba com uma baiana (golpe onde o usuário se abaixa, agarra as duas pernas do adversário e o joga contra o chão), cria um disco de mana sobre a palma de sua mão direita e o bate contra o rosto do DNAlien, que acaba desmaiando. O protótipo recalibrado do omnitrix desativa.


Kevin: Que bom que esses DNAliens sem cérebros gostam de andar em bando, assim fica mais fácil pegar todos eles.

Gwen: Eles têm cérebro, Kevin. Só são defeituosos, irracionais, agem por instinto. - corrigi Kevin enquanto se levanta

Ben: Bom, não deixam de ser burros. - brinca

Kevin: É. E você não deve ser burro com aquela amiga da Gwen. Convida logo ela pra sair, Ben!

Ben: Em? - não entende a fala de Kevin

Gwen: Pois é, Ben. A Emily é bonita e apaixonada por você. Por que não a convida pra um encontro?

Ben: Ah... Não sei...

Kevin: Toma atitude! Mulheres gostam disso, né, Gwen?

Gwen: O Kevin tem razão. Não custa tentar.

Ben: Ah. Eu vejo isso depois. Vamos pra casa, que, se não, amanhã vou ter que dormir em mais de uma aula.


Gwen respira fundo, decepcionada um pouco pelo ato de Ben.


Escola municipal de Bellwood, Terra. 12:17h.



Ben entra na sala junto com os outros alunos após o lanche, se senta em sua mesa e encontra um bilhete dobrado, que o pega, abre e lê.


Ben: "Emily tá me chamando pra um encontro?..." - pensa


Ben olha para Emily, uma garota com cabelos longos e loiros de olhos azuis sentada numa fileira de cadeiras longe da de Ben, que sorri pra ele. Ben volta a olhar pro bilhete e vê o professor entrando na sala, então resolve dobrá-lo e guardá-lo em sua mochila.


Ben: "Mais uma coisa pra mim me preocupar... Ah, cara..."

Sr. sorvete antigo AET

Sr. Sorvete, Bellwood, Terra. 15:13h.



Gwen: Muito obrigado! - agradece ao funcionário do local


Gwen pega uma bandeja com três copos de vitamina em cima, leva até a mesa em que Ben e Kevin estão sentados e se senta ao lado de Kevin.


Gwen: Ben? Não tem nada a contar pra gente?

Ben: Não, por que?

Gwen: Nada... Só queria saber se a Emily, por acaso, havia te convidado pra sair.

Ben: Ah... Isso... É, ela me convidou.

Kevin: Aê! Meu garoto! E quando vocês vão se encontrar?

Ben: Não sei... Eu não respondi o bilhete dela...

Gwen: O que?! Pega seu celular agora! Você vai ligar pra ela e responder ela!

Ben: Mas eu não tenho o telefone dela...


Gwen pega seu celular de dentro de sua pequena bolsa preta e de alça larga e entrega para Ben.


Gwen: Toma! Eu tenho o número dela. Liga pra ela agora.

Ben: Ah... Tá bom...


Ben liga para Emily usando o celular de Gwen.


Ben: Alô?... - começa a falar com Emily - Não, não. É o Ben. Oi! - solta uma pequena risada - Então... Queria saber se você... - fica sem saber o que dizer

Gwen: ...quer sair hoje comigo! - cochicha para Ben

Ben: ...quer sair hoje... Comigo. Ah, que horas?...

Kevin: 20 horas eu passo pra te pegar.

Ben: 20 horas, pode ser?... Ótimo! Onde vamos? Vamos ao...

Gwen: Espolet!

Ben: Espolet, que tal? Sério? Você adora esse restaurante? Que demais. Então nos encontramos a noite. Tchau.

Ben15anosAET


Ben encerra a ligação e devolve o celular pra Gwen.


Ben: Parece que eu tenho um encontro... Hoje! - fala animado


Casa dos Downie's, Bellwood, Terra. 17:59h.



Ben fica olhando o horário em seu celular, esperando dar 18 horas. Quando completa 18 horas, Ben bate na porta da casa. Um homem atende a porta, olha Ben de cima a baixo e o encara.


Homem: Você é Ben Tennyson?

Ben: Sim... Senhor...

Homem: Ótimo. Emily já está terminando de se arrumar.

Ben: Tudo bem... Eu espero.

Homem: Ela fala muito de você. O que você tem de tão especial?


Ben olha pra seu punho esquerdo e depois volta a olhar para o homem, que aparenta ser pai de Emily.


Ben: Não sei, senhor. Acho... Que é minha simpatia - diz e sorri envergonhado

Pai de Emily: Hum... Pode ser.


Emily desce animada as escadas e anda até o lado de seu pai. Ben se surpreende com a bela aparência da garota, que está com seus longos cabelos loiros soltos, uma pequena presilha branca no lado esquerdo de seu cabelo, veste um vestido branco que termina um pouco abaixo de seus joelhos e duas sapatilhas vermelhas.


Emily: Vamos? - pergunta sorrindo e olhando com seus olhos azuis para Ben

Ben: Cla... Claro...


Ben sorri. Emily se aproxima de Ben e abraça seu braço direito.


Pai de Emily: Cuida bem dela. Você nunca vai conhecer alguém melhor que ela.

Ben: Pode deixar.


O pai sorri e fecha a porta. Ben e Emily se viram e saem andando.


Restaurante Espolet, Bellwood, Terra. 18:36h.


Ben e Emily estão chegando no local, quando começa a chover. Os dois se olham.


Emily: Quem chegar por último é a mulher do padre!


Ben sorri. Emily sai correndo. Ben a acompanha. Os dois entram um pouco molhados e rindo pela porta do restaurante. Um funcionário do local se aproxima do casal.


Funcionário: Mesa?

Ben: Sim, mesa pra dois.


O funcionário faz sinal de positivo movendo a cabeça, se vira e anda.


Funcionário: Acompanhem-me.


Emily imita o funcionário, caçoando da seriedade do homem de bigode. Ben solta uma pequena risada. Os dois acompanham o senhor de colete preto por cima de uma camisa branca até uma mesa redonda coberta por uma toalha vermelha e com dois pratos e talheres em cima. Ben puxa a cadeira e a aponta com sua mão direita.


Ben: Senhora?... - diz sorrindo

Emily: Oh! Muito obrigado, cavaleiro. - responde da mesma forma


Ben se senta na cadeira do outro lado da mesa, um garçom traz dois cardápios pro casal, que pega um cada um e começam a lê-los.


Um garçom se aproxima deles carregando uma bandeja com um frango assado, que ele deixa sobre a mesa entre os pratos dos dois. Ben e Emily ficam surpresos com o tamanho do frango e sorriem um para o outro.


Ben: Parece que hoje não passamos fome.

Emily: ri - É.


Um momento de silêncio ocorre entre os dois, deixando Ben um pouco nervoso, então ele resolve falar qualquer coisa:


Ben: Seu pai gosta bastante de você, né?...

Emily: ri da pergunta óbvia de Ben e diz - É, ele gosta muito de mim. - desmancha seu sorriso - Mas também... Ele só tem a mim, desde que... Ah... Mas enfim, e eu só tenho a ele...
Ben: "Toma atitude! Mulheres gostam disso... " -lembra da fala de Kevin


Ben olha preocupado pra garota, se levanta, aproxima-se dela, pega a mão direita da menina e sorri.


Ben: Você não tem mais só ele...


Emily sorri de novo. De repente, o momento é quebrado com uma explosão duma casa do outro lado da rua. Todos no restaurante olham assustados para a casa em chamas de onde saem 2 DNAliens acompanhados de xenócitos que começam a se anexar aos pedestres próximos.


Garçom: Venham por aqui! - grita


Os civis no restaurante correm para os fundos do local. Emily se levanta e puxa Ben pelo braço.


Emily: Vamos, Ben!

Ben: Vai que eu vou depois!

Emily: O que?! Enlouqueceu?!

Ben: olha nos fundos dos olhos de Emily e fala calmamente - Confia em mim.

Emily: enche seus olhos de lágrimas - Tá... Bom... - gagueja


Emily corre pros fundos do restaurante. Os DNAliens e os xenócitos olham pra Ben através do vidro gigante ao lado da porta do restaurante após possuírem todos os pedestres próximos e correm pra cima dele.


Ben: Venham pra cima, feiosos! - exclama sorrindo


Ben ativa o protótipo recalibrado do omnitrix, se transformando em Fogo Fátuo, que grita o próprio nome. Os DNAliens e os xenócitos pulam e quebram o vidro do local. Fogo Fátuo joga as mesas de madeira em cima deles e ateia fogo. Os DNAliens se afastam das chamas, correm e saltam sobre elas.


Fogo Fátuo: Ah... Cara...


Fogo Fátuo corre para dentro da cozinha. Os DNAliens o perseguem até o local, mas, ao entrarem, percebem que o local está cheio de gás metano, Fogo Fátuo está perto da porta dos fundos aberta e estala os dedos de sua mão direita, causando uma faísca que provoca a explosão de todo o gás metano e os botijões de gás dos fogões do local. Fogo Fátuo tenta correr pra longe da explosão, mas acaba sendo jogado longe e caindo no meio de uma rua. O protótipo do omnitrix desativa.


Ben: Ai...


Emily, distante do restaurante, está correndo junto com outros civis, para ao ouvir uma grande explosão, percebe que veio do restaurante, então lembra que Ben havia ficado lá e seus olhos começam a se encher de lágrimas.


Emily: Não... Por favor, não...


Emily corre de volta pro restaurante.


Ben se levanta com dificuldade do asfalto, um carro para na frente de Ben e, quando o motorista vai reclamar do fato de Ben estar no meio da rua, um xenócito quebra o vidro do copiloto do carro, atinge a cabeça do motorista e o transforma. Outros DNAliens com xenócitos aparecem na esquina da rua à frente de Ben, que tenta ativar o relógio, mas não consegue. O DNAlien salta pra fora do carro na tentativa de pegar Ben, quebrando o vidro da frente do carro e caindo no chão. Ben corre pro lado oposto dos inimigos e vira num esquina, entrando em outra rua, esbarrando em Emily sem querer e caindo junto com ela.


Ben/Emily: Ai!

Ben: Emily?

Emily: Ben!


Emily se joga em cima de Ben, abraçando-o.


Emily: Pensava que você tinha...

Ben: Não, to bem. Só uns ralados. - fala positivo


Emily sorri, enquanto seca as lágrimas que antes escorriam por seu rosto. De repente, um tiro de gosma quase acerta Ben e Emily, que se levantam rapidamente e olham para os DNAliens e xenócitos próximos a eles.


Ben: Se esconde!

Emily: Não! Não quero... - é interrompida por Ben

Ben: Vai! - grita

Emily: Tá-Tá bom...


TransformacaoMacacoAranhaAET

Emily corre pra um beco próximo e se esconde atrás duma lata de lixo. Ben ativa o omnitrix. Dois braços surgem em cima de suas costelas, sua coluna entorta, pelo azuis cobrem quase todo seu corpo, dois olhos surgem abaixo dos que ele já tinha, uma cauda se forma atrás dele e o omnitrix surge no meio de seu peito. Ben se olha.


???: Vamos ver o que esse alien pode fazer...


Ben salta para trás, dando um mortal de costas e acaba grudando em uma parede.


???: Escalar paredes?... - faz som de macaco - Deixa eu tentar uma coisa...


Ben aponta sua cauda pra um dos DNAliens que estão correndo em sua direção e lança teia, prendendo o corpo do adversário e derrubando-o.


???: Ah! Sou um macaco e tenho poderes de aranha!... Então sou o... Macaco-Aranha!


DNAliens tentam atirar gosma em Macaco-Aranha, enquanto xenócitos escalam a parede em que o macaco azul está. Macaco-Aranha gruda uma corda de teia num edifício próximo e a usa como cipó para ir pro edifício do outro lado da rua, desviando dos tiros de gosma e fugindo dos xenócitos.


Macaco-Aranha: ri - Quero ver me pegarem!


Quando Macaco-Aranha percebe que um xenócito está indo na direção do esconderijo de Emily, ele lança uma esfera de teia no xenócito, prendendo-o no chão, e salta entre as paredes até parar em cima da lata de lixo que Emily está atrás. Emily se assusta com o surgimento repentino de Macaco-Aranha e grita.


Macaco-Aranha: Acalme-se, madame!

Emily: Quem é você?!


Macaco-Aranha olha para os DNAliens e os xenócitos entrando no beco e volta a olhar pra Emily.


Macaco-Aranha: Sou sua única saída.


Macaco-Aranha lança teia nas costas do vestido de Emily, salta até uma torre e a escala, enquanto puxa Emily pela corda de teia e desvia da gosma dos DNAliens. Perto do topo do prédio, Macaco-Aranha prende Emily pelos punhos e calcanhares com teia.


Macaco-Aranha: Fique aí, é pra sua segurança.

Emily: Não! - grita desesperada


Macaco-Aranha salta do prédio e cai em cima de um DNAlien, derrubando-o. Emily olha pra teia que gruda seu punho direito com a parede do prédio e percebe que ela está estourando, assim como todas as outras, deixando-a apreensiva. Macaco-Aranha salta e rodopia no ar, chicoteando com sua cauda os DNAliens próximos.


Macaco-Aranha: "Preciso proteger a Emily..."


Macaco-Aranha gruda uma corda de teia no peito dum DNAlien e o ataca contra outros DNAliens. Emily olha pra teia que gruda seu outro punho ao prédio, percebe que ela também está estourando e olha pro chão, tão longe, tão... rígido...


Emily: Pai... Ben... - murmura


A teia que antes prendia o pulso direito de Emily estoura, logo em seguida, a que prendia o outro pulso arrebenta também e, com o peso de Emily, as duas que prendiam suas canelas estouram, deixando o corpo da garota solto no ar, apenas influenciado pela forte força da gravidade. Emily solta uma lágrima de seu olho esquerdo, desencosta suas costas do prédio forçadamente pela força tendencial e grita desesperadamente. Macaco-Aranha, rapidamente, olha pra Emily, salta pro prédio e o escala para pegar Emily.


Macaco-Aranha: "Cuida bem dela..." - lembra da fala do pai de Emily


Mas ela passa direto por ele, Ben sente sua alma gelar, Macaco-Aranha se vira pra garota e tenta pegá-la lançando uma teia de sua cauda azul. A corda de teia aparenta rasgar o ar enquanto vai na direção das costas da menina, quando, milagrosamente, ela alcança o vestido de Emily e, quando iria segurá-la, se rompe.


Macaco-Aranha: "Você não tem mais só ele..." - lembra-se da própria fala minutos antes


O som da teia estourando alcança os ouvidos de Macaco-Aranha como o som dum tiro ecoando. Emily choca com sua cabeça no chão da calçada.


Quarto 097, Hospital Abraham Lincoln, Bellwood, Terra. 12:23h.



Televisão: Os extraterrestres já estão entre nós. Criaturas estranhas com poderes inacreditáveis. E.T.s existem, mas isso não é o mais incrível. Incrível é: todas as criaturas que acabam de ver, são, na verdade, auto-egos de uma só pessoa, seu nome é Ben Tennyson. - fala uma voz parecida com a de Jimmy

Emily: Ben?...

Enfermeira: Ahn?...


A enfermeira, que anotava os sinais dos aparelhos médicos, olha pra Emily e abre um sorriso.


Emily: Onde estou?...

Enfermeira: Senhorita, você acordou de um coma de 6 meses!

Emily: O que?! Cadê o Ben?! Preciso saber como ele tá!


Emily se levanta e tenta descer da cama.


Emily: Eu... Não to sentindo minhas pernas! - grita desesperada

Audiência

Obrigado por ter lido este episódio! Agora dê seu ponto para o sucesso e a melhora da série
 
54
 

A votação foi criada às 16h27min de 11 de dezembro de 2015, e até agora 54 pessoas votaram.

Avaliações de usuários

Nota: Eu dou um grande 10, para o melhor capítulo da fanfiction.

2 - Gostei do modo como você trabalhou o encontro e os sentimentos da Emily. Também gostei da luta contra os DNAliens. Só não gostei das poucas transformações :p.
-Espadachim das Sombras

Nota: 10, pela ideia do episódio em si, que está incrível.
O que mais gostei no episódio foi a respiração dos DNAliens, representaram uma verdadeira ameaça, sem falar da parte final. Não gostei da transformação tão rápida do relacionamento entre Ben e Emily, uma hora o Ben estava todo nervoso, outra hora já estava falando que ela não tava sozinha.
-Alfolandia
Nota: 10. Muitas referências. E até mostra um pouco de romance, que não adianta negar, é uma das partes fundamentais de uma fanfic hoje em dia.
-HanssenF

Mande sua avaliação no mural de mensagens de Viniction e ela aparecerá aqui também.

Personagens

Transformações

Vilões

Curiosidades

EPISÓDIOS

1º Arco

Mecamorfos zumbisNão é tão fácil assim ser o RookUm dia de calor extremoResfriado super-poderosoSe eu vou ser vocêDia 23Heróis Unidos NovamenteEncontro de RealidadesBatalha de Omnitrixes, Parte 1Batalha de Omnitrixes, Parte 2

2º Arco

Encontro InterrompidoColoque o Lixo Lá ForaCorrupção EncanadoraVamos Fugir Desse Lugar, BenDesarmamento
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.