FANDOM


12anos

ESSE CONTEÚDO É PROIBIDO PARA MENORES DE 12 ANOS
CONTEÚDO: VIOLÊNCIA EM NÍVEL MÉDIO

A Mente Que Não Brilha Mais
ORN-24
Informação Geral
Série Ben 10.000:O Renascimento
Arco Em Família
Detalhes
Originalmente Mind That Shines No More
Temporada
Número do Episódio 24
Episódio Anterior Magia do Medo
Episódio Seguinte A Espada do Amanhã
Créditos
Escrito por JokerLeo
Galeria de Imagens

A Mente Que Não Brilha Mais é o quarto episódio da segunda temporada de Ben 10.000:O Renascimento.

Enredo

Uma nave passa pelo espaço se aproximando do planeta Galvan Mark II. Nela, estão Ben 10.000, Kai e Ken. O garoto diz para seus pais que está ansioso para conhecer o “senhor Azmuth”. Kai aproxima-se de Ken e, pondo a mão em seu ombro, avisa que Azmuth é um pouco complicado, então é melhor ser cuidadoso e não fazer besteira. Ben comenta que Azmuth é um rabugento, mas apesar disso é um sujeito legal, faz mais de um ano que não o vê.

A nave aterrissa em frente ao laboratório qual Azmuth vive. Ken fica surpreso e comenta a quantidade de tecnologia ao seu redor, afirmando que é “demais”. Ben se aproxima da entrada do local, onde tem de se identificar para poder entrar. Lá dentro, encontram Eunice, o Unitrix. Ela fica feliz ao reencontrar Ben, que lhe apresenta Ken. O herói explica que veio para ver Azmuth, e Eunice fica sem jeito, afirmando que ele está indisponível no momento. Kai pergunta se ele não teria tempo para uma pequena visita, gostaria muito de apresentar o ser mais inteligente em sabe-se lá quantas galáxias ao seu filho. Eunice diz que ele infelizmente não pode recebe-los. Ben pergunta quando ele poderá, e Eunice afirma não saber.

Ken fica chateado e Kai tenta consolá-lo. Enquanto isso, Ben fala para Eunice que Azmuth não tem contato com ele há mais de um ano, isso é estranho, e geralmente das outras vezes que esteve no planeta, sempre foram ao menos perguntar ao Azmuth se ele poderia ou não atende-lo, nunca lhe disseram simplesmente “indisponível”. Eunice diz que Azmuth está em estado complicado.

“A mente mais inteligente do Universo está doente, Ben. Azmuth perdeu o movimento das pernas, depois das mãos, e a mente dele simplesmente não funciona mais.” – explica Eunice. Ben, comovido, afirma que mesmo assim gostaria de vê-lo. Eunice diz que já que insiste, pode mostra-los o Azmuth e Ken fica animado.

Ao entrarem dentro de uma sala, encontram Azmuth sentado em uma cadeira flutuante. Com um olhar cansado e um rosto desfigurado de tão velho, seus olhos se mexem em direção a Ben, Kai e Ken. Ben fica surpreso. Ken pergunta se esse é o Azmuth, e Kai diz que sim, ele é o Azmuth. Ben diz que isso tá errado, sua mente era poderosíssima, não devia estar assim.

“Realmente. Os galvanianos, quando chegam há uma determinada idade, utilizam-se do material para rejuvenescer. Acontece que esse material é desgastante, uma hora, seu efeito acaba e se torna arriscado o seu uso, então Azmuth parou de usá-lo e começou a trabalhar em um novo projeto, chamado Lazarus, que poderia reestabelecer sua saúde. Alguns dias depois, o projeto foi simplesmente roubado antes mesmo de ser finalizado.” – explica Eunice. Ben pergunta se não há outra solução, como transferir a mente de Azmuth para outro corpo. “Infelizmente não, após o roubo, as coisas só pioraram. A mente dele está danificada demais para esse tipo de experiência, a única coisa que poderia salvá-lo era o Lazarus, que foi roubado. Agora só nos resta esperar a hora.” – completa Eunice.

Ben olha entristecido para Azmuth, que não fala nada, apenas olha com a mesma expressão para ele. Ben abaixa-se, põe a mão em sua cabeça e diz que vai salvá-lo, vai atrás do Lazarus. Kai se voluntaria para a tarefa, e Ken insiste também, quer muito ajudar o “senhor Azmuth”. Ben tenta impedir, mas Kai diz para deixa-lo.

Ben se transforma no Ultra-Tempo e volta no tempo, até o dia em que o Lazarus foi roubado. Ele vê a parede do laboratório explodir e um galvan com uma armadura entrando. Vê os sinais ligados, e os seguranças chegando, mas o ladrão consegue esquivar-se dos tiros dos guardas e derrota-los com tiros da sua armadura, pegando o projeto Lazarus (que nada mais é do que uma pequena cápsula) e voando para fora segurando-o. É então que Azmuth, já sem o movimento das pernas, aparece em sua cadeira flutuante preocupado. Ultra-Tempo corre perseguindo o ladrão e acelera o tempo para chegar mais rápido onde vê o ladrão entrando em um laboratório subterrâneo, onde deixa . O herói volta ao normal, segura Azmuth em seu braço e diz apenas um “vamos”, retirando-se do local.

Ao chegar na base subterrânea, Ben estaciona a nave. Ele pede que Ken segure Azmuth com cuidado e o garoto assim faz. Olhando para o triste olhar do galvaniano, ele diz “vamos te salvar, Azmuth”. Ben transforma-se em Fantasmante para tentar invadir a base em sua forma intangível, mas falha. “Sistema de segurança?” – questiona Kai, e o herói confirma, dizendo que o único meio de entrar lá é por teleporte. Kai avisa que Ben não sabe o que há lá embaixo, e que isso pode ser arriscado, mas Ben, ao olhar para Azmuth, diz que não tem outro jeito, transformando-se em Impormatu e entrando no lugar com Kai, Ken e Azmuth através de um dos seus portais.

O lugar trata-se de um laboratório. Eles andam pelo lugar até que Impormatu reconhece a cápsula da visão do Ultra-Tempo, ele encontrou o Lazarus. Uma voz é ouvida, dizendo para deixar o local, e ao virarem-se para trás, encontram um galvaniano avisando que o Lazarus é seu. Impormatu fala que há alguém precisando do projeto, e não é ele que vai impedir de salvar a vida de Azmuth. O galvaniano, irritado, levanta voo com seu traje e armas saem do mesmo, atirando contra Kai e Ken, que são protegidos por um portal criado por Impormatu, fazendo com que os tiros desapareçam.

“Vocês que pediram!” – grita o Galvaniano. Logo em seguida, um cabo mecânico com uma lâmina na ponta prende Ken. O galvaniano ameaça matar o garoto caso não entreguem o Lazarus e deixem a base. Ben pergunta o porquê de o alien querer tanto o Lazarus. “Quando o peguei no laboratório do execrável Azmuth, eu tive que finalizá-lo, uma vida está em jogo, e infelizmente o Lazarus só pode ser usado uma vez!” – afirma o galvaniano. Kai avança com sua espada cortando o cabo de aço que prendeu Ken. O garoto ainda está segurando Azmuth em sua mão.

Ben diz que podem negociar, salvando a vida de Azmuth, ele pode salvar a vida de seja lá quem o galvaniano queira salvar. O alienígena diz que isso é impossível, não há tempo para criar um novo Lazarus. Importal desaparece e surge por trás do galvaniano, segurando-o. “Por favor, minha mãe Xeneth, precisa disso.” – implora o galvan. Ben, surpreso, abre sua mão e o solta, voltando a sua forma humana. Kai pergunta o que está fazendo, e Ben responde que não é a primeira vez que ouve o nome de Xeneth. “Você é filho de Azmuth!” – conclui Ben.

O galvaniano confirma, mas diz que precisa salvar a sua mãe, atirando contra Ben, que é defendido por Kai com sua espada. O galvaniano voa rapidamente levando a cápsula do Lazarus. Ben o segue correndo até uma sala, onde encontra Xeneth no mesmo estado de Azmuth, sentada numa cadeira flutuante sem movimento, sem expressão.

O galvaniano abre a cápsula do Lazarus, tirando dali o aparelho. Quando está prestes a botá-lo em sua mãe, percebe que ela já não está mais viva. Ele larga o Lazarus e entra em desespero, chorando aos pés de Xeneth. “Por que?” – grita o galvaniano. Ken e Kai, comovidos com aquela cena, começam a chorar. Ben pega Azmuth da mão de Ken e apanha o Lazarus do chão.

“Você perdeu sua mãe, salve seu pai.” – diz Ben ao filho de Xeneth e Azmuth, que olha para o rosto de seu pai, qual vê escorrendo uma lágrima. O galvan levanta-se e segura o Lazarus, conectando-o à cabeça de Azmuth. Sem dizer uma palavra, ele ativa o aparelho. Uma luz enorme cerca o local, criando um grande clarão.

Naquele momento, Azmuth consegue se mover novamente. Ele cai de joelhos no chão, e quando o clarão acaba, o velho galvaniano se levanta. Sem falar nada, Azmuth caminha em direção a Xeneth e baixa sua cabeça ao ver sua amada morta. “Durante todos esses anos eu esperei por você, Xeneth. Poderíamos ter vivido juntos, por que você se foi?” - fala o sábio galvaniano entristecido.

“Ela lhe amou como nunca amou ninguém, mas ela estava triste demais com o senhor, ela não queria fazer parte do que você estava fazendo, ela amava o Azmuth que a amava, não o Azmuth que amava as suas criações, as suas armas. Ela estava triste com você, pai, e mesmo o amando ela não queria fazer parte disso. Eu sou Axeneth, sou seu filho, Azmuth.” – diz o galvaniano Axeneth, filho de Azmuth.

Todos estão ali comovidos. Azmuth pede que o deixem a só com Xeneth pela última vez, e todos se retiram do local. Lá dentro, Azmuth escora a cabeça de sua amada em seu colo e fecha os olhos suspirando.

Ben diz que está na hora de ir e Kai e Ken vão andando na frente. “Eu sinto muito.” – diz Ben para Axeneth, que permanece em silêncio. O herói põe suas mãos sobre os ombros de Kai e Ken e sai do lugar ao lado deles.

Personagens

Alienígenas

Curiosidades

  • Inicialmente o episódio teria um foco maior em Ken, que teria interesse em convencer Azmuth a lhe dar seu próprio Omnitrix, mas o roteiro foi mudado e isso acabou por ser deixado de lado.
  • De acordo com JokerLeo, escritor da série, o episódio foi inspirado na música Lazarus do cantor David Bowie.
    • O nome dessa música foi usado no episódio como nome do projeto que salvaria Azmuth da morte e curaria de suas deficiências.
  • O episódio é uma referência ao episódio Alinhamento Solitário, de Supremacia Alienígena.
EPISÓDIOS
1ª TEMPORADA
arco: insanidade

O Renascimento, Parte 1O Renascimento, Parte 2Vermelho vs VermelhoElemento NegroLoucuras e ObsessõesMestres e MagistradosO Enigma AtacaTemporalO Grande ReencontroRia e o Mundo Rirá Com Você

arco: o retorno de animal

A Nova TecnologiaGatos RicosPassado MonstruosoA Lenda do DragãoAnimal 11O Cientista e o Palhaço

arco: risada da morte

Finalizando um ComeçoUm Começo Sem FimNovamente os Portões da TristezaA Risada da Morte

2ª TEMPORADA
arco: em família

EpitáfioAmigos em LegadoMagia do MedoA Mente Que Não Brilha MaisA Espada do AmanhãLugar de Onde VimGrande Demais Para Brincar de HeróiCriaturas Acima de Nós

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.